Problemas e opções no restauro de paramentos azulejares de edifícios

Coorganiza:

LNEC

sinopse:

O azulejo é utilizado na arquitetura portuguesa há mais de cinco séculos

e mais especificamente no revestimento de fachadas de edíficios desde a primeira metade do século 19. O uso de paramentos azulejares é uma importante forma de expressão cultural do nosso país, constituindo uma marca distintiva da nossa estética urbana. A sua constituição e desempenho diferenciados (nomeadamente em relação a outro tipo de acabamentos, tais como rebocos) apresentam carateristicas próprias ao nível da degradação ao longo do tempo. As intervenções de restauro necessárias para restabelecer a sua função e unidade estética têm de ser, também por isso, adequadas e desenvolvidas de modo a respeitar as suas caraterísticas únicas. Neste webinar serão explorados os principais problemas de degradação dos paramentos azulejares e as opções de restauro mais relevantes, com apresentação de resultados de estudos realizados sobre a adequação dos tratamentos à solução dos problemas em causa. Será também discutida a aplicação de tratamentos alternativos, tais como o uso de geopolímeros, a revidragem a laser e o re-cozimento de azulejos.

programa:

Público-alvo: Engenheiros, arquitetos, conservadores-restauradores, donos de obra e outras entidades promotoras, investigadores científicos, estudantes do ensino universitário e politécnico e público em geral.


Oradoras:

  • Eng.ª Sílvia Pereira | Lic.ª em Conservação e Restauro Catarina Geraldes


Programa

  • Enquadramento do tema
  • Problemas nos paramentos azulejares de edifícios
  • Opções de intervencão nos paramentos azulejares
  • Campanha experimental e principais resultados obtidos
  • Discussão dos principais problemas vs opções de intervenção