Reabilitação sustentável de paredes de alvenaria de tijolo cerâmico maciço

Coorganiza:

LNEC

sinopse:

Os edifícios de alvenaria fazem parte do tecido histórico das cidades,

pelo que é importante proceder a intervenções de reabilitação eficazes, mas não destruidoras da sua identidade e valor cultural intrínseco. Em Portugal verifica-se um interesse crescente, nos últimos anos, pelo mercado da reabilitação, tendo os edifícios habitacionais captado gradualmente um maior destaque, em particular os que integram os centros históricos. Tendo em conta o numero de edifícios antigos em centros históricos que se encontram bastante degradados, juntamente com o crescente interesse pela sua reabilitação, a procura de soluções eficazes de reabilitação e reforço estrutural, sustentáveis e compatíveis com as técnicas de construção originais, é cada vez mais relevante. A aplicação de revestimentos armados em paredes de alvenaria apresenta-se como uma solução de reforço adequada, sempre que não é possível ou exigível a preservação dos revestimentos de paredes existentes, possibilitando, em simultâneo, uma reabilitação estética e de proteção à água. Este tipo de reforço apresenta-se também como uma solução simples e eficaz no reforço sísmico deste tipo de paredes, dado que confere um aumento da resistência e da ductilidade ao corte (no plano) e à flexão (fora do plano) e um aumento da resistência superficial, permitindo ainda um melhor controlo da fendilhação. Com o objetivo de caracterizar as paredes de alvenaria, os revestimentos armados e os seus constituintes e as paredes de alvenaria reforçada para avaliação da eficácia das soluções de reforço, foi realizada uma extensa campanha experimental. A definição das soluções de reforço e das respetivas metodologias de aplicação foi integrada numa estratégia geral de conservação e reabilitação dos edifícios onde essas paredes se integram, tendo em conta aspetos como a compatibilidade de materiais, a viabilidade e sustentabilidade de aplicação, o grau de intrusividade e o impacto em elementos com valor cultural potencialmente elevado.

programa:

Público-alvo: Engenheiros, arquitetos, donos de obra e outras entidades promotoras, investigadores científicos, estudantes do ensino universitário e politécnico e público em geral.


Oradora:

  • Eng.ª Ana Marques


Programa

  • Comportamento dos edifícios de alvenaria
  • Soluções de reforço de paredes de alvenaria de tijolo
  • Os rebocos armados como solução de reforço e de reabilitação
  • Campanha experimental e principais resultados obtidos
  • Sustentabilidade da solução de reforço adotada